HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

25/09/2022



Sem Categoria

Até quando Moro vai brincar de candidato?

 Até quando Moro vai brincar de candidato?

O ex-juiz e ex-ministro Sérgio Moro continua empenhado em brincar de ser político. Toda brincadeira, no entanto, tem limites e, em algum momento, é preciso parar. Moro não consegue encontrar esse limite e, aparentemente, não parece conviver com assessores capazes de lhe indicar esse momento.

Vamos aos fatos: Moro começou sua atrapalhada carreira política ao deixar a magistratura federal para ser ministro do governo Bolsonaro. Pouco mais de um ano depois, deixou o Ministério da Justiça e lançou seu nome à presidência da República pelo Podemos.

De mãos dadas com o senador Alvaro Dias, e com as despesas pagas pelo partido, Moro viajou pelo país todo tentando emplacar essa candidatura. Sem decolar nas pesquisas, culpou o Podemos pelo pífio desempenho e, dessa forma, decidiu migrar para o União Brasil.

A entrada no novo partido, no entanto, foi condicionada a uma óbvia desistência da candidatura presidencial. O União Brasil apoia a reeleição do presidente Bolsonaro e deu a Moro as opções de ser  candidato ao Senado ou à Câmara.

Em mais uma trapalhada, o ex-juiz resolve trocar o domicílio eleitoral do Paraná para São Paulo. A artimanha não deu certo e o TRE paulista impediu a mudança. Moro teria que voltar para o Paraná se quisesse ser candidato.

Fiel ao seu estilo, em que lhe falta uma boa dose de humildade, Moro marca uma coletiva com a imprensa e não anuncia nada. Não diz se será candidato a deputado ou a senador. Apenas avisa que vai percorrer o Paraná, o Estado por onde ele não queria ser candidato, para ouvir do eleitor qual cargo disputar.

Engana-se quem pensava que as trapalhadas acabariam. Moro parece ser insuperável nesse quesito. Nos últimos dias, o ex-juiz resolveu preparar, junto com seus assessores, os mesmos que não lhe conseguem colocar limites de sensatez, um plano de governo chamado “República do Paraná”, indicando que o ex-candidato à Presidência agora cogita a disputar, pasmem o leitor, o governo do Paraná.

Parece brincadeira mas, em poucos meses, Moro conseguiu ser candidato a todos os cargos em disputa na eleição desse ano. De nome mais forte de uma terceira via à Presidência da República, passando por candidaturas ao Senado, à Câmara Federal e até a Assembleia, a candidato ao governador do Paraná. Até quando Moro vai brincar de candidato?

1 Comentário

  • Traira tem equilíbrio????
    Não

    Está explicado.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

×