HojePR

HOJEPR LOGO
Siga no WhatsApp
Pesquisar

16/07/2024

Com pedágio em alta, Requião e oposição vão crescer sobre Ratinho

A paulada que a a RPC deu sobre o pedágio, que vai ficar mais caro antes de ir ao leilão, é um tema que há tempos o HojePR tem questionado.  Os números que mostram tarifas mais caras no Lote 2, que vai em direção à Guarapuava, ou quase iguais no lote 1 (Curitiba/Litoral), são armas para a oposição tornar o pedágio um tema forte na eleição.

 

A estratégia de ignorar o assunto, ou trazer notícias que aparentemente busquem maquiar a discussão, vai prejudicar o governador Ratinho Junior (PSD). De um modo geral o tema pedágio foi gerenciado de forma errada pela atual gestão. Na avaliação dos luas pretas do Palácio Iguaçu, deixar que o contrato cessasse, para resolver o processo pós-eleição, traria menos danos.

 

Mas tudo indica que  deu errado. O tema vai ser usado na campanha, em especial pelo ex-governador Roberto Requião (PT), que entende do assunto, para atingir a imagem de Ratinho. O mesmo vale para os demais adversários, que vão questionar o preço das tarifas, os valores das manutenções, as novas praças e a degradação das rodovias.

 

O processo hoje corre dentro da burocracia federal, no TCU e na ANTT, sem qualquer interlocutor que interfira politicamente para evitar que Ratinho sangre com notícias desfavoráveis. Ratinho usa o argumento da Bolsa de Valores para dizer que há transparência na concessão. No entanto, as surpresas surgem no edital e também nos estudos que estão errados.

> https://g1.globo.com/google/amp/pr/parana/noticia/2022/05/17/inflacao-deve-provocar-aumento-nas-tarifas-de-pedagio-do-parana-que-vao-a-leilao-indica-estudo.ghtml#referrer=https://www.google.com&csi=0

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *