HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

25/09/2022



Sem Categoria

Brasileirão: Coritiba perde jogo, técnico e entra de vez na zona de rebaixamento

 Brasileirão: Coritiba perde jogo, técnico e entra de vez na zona de rebaixamento

O Dia dos Pais não foi bom para o Coritiba. Pela 23ª rodada do Brasileiro, o Alviverde perdeu para o Atlético Mineiro por 1 a 0, com um gol aos 48′ do segundo tempo, entrou de vez na zona de rebaixamento e, ainda, demitiu o técnico Gustavo Morinigo.

O jogo foi marcado pelo controle absoluto do time mineiro. Não fosse pela atuação do goleiro Muralha o placar poderia ter sido bem pior para o Coritiba, que mais uma vez apresentou dificuldades para criar oportunidades de gol.

Com o resultado, o Verdão vai terminar a rodada na zona de rebaixamento. O Coritiba ocupa, atualmente, a 17ª colocação, com 23 pontos, e pode terminar até como 18º em caso de vitória do Fortaleza diante do Ceará. O Coxa volta a campo no próximo sábado (20), diante do Fluminense, no Rio de Janeiro.

 

Demissão

O resultado do jogo deste domingo e a completa falta de um padrão de jogo consistente levaram à demissão do técnico Gustavo Morínigo e do Head Esportivo Renê Simões. “Gostaríamos de agradecer imensamente os profissionais e toda a comissão por toda entrega e dedicação que tiveram nesse tempo. O Gustavo estava conosco desde o primeiro dia dessa gestão, com transparência, honestidade e dedicação, abrindo mão, inclusive, da família para fazer história no Coritiba. A gente acredita que tivemos momentos bem importantes para todos nós”, disse o presidente Juarez Moraes e Silva.

Em comunicado oficial, o Coritiba lembrou que Morínigo “foi o primeiro e até aqui único técnico da gestão, chegando ao Coxa no início de janeiro, em 2021. O treinador paraguaio comandou o Verdão por 99 jogos, conquistando 43 vitórias, 22 empates e acumulando 34 derrotas, com 130 gols marcados e 112 sofridos”. Segundo a nota, os auxiliares Roberto “Toro” Acuña e Diosnel Burgos, além do preparador físico Gonzalo Llanos, também deixam o clube.

O presidente do Coritiba, Moraes e Silva, salientou que ainda não houve uma busca por um novo técnico, uma vez que a decisão foi tomada neste domingo. “Ainda não existem substitutos. A gente tomou essa decisão agora, neste momento. Claro que refletida nas últimas semanas. Gostaria de dizer para a torcida e para os nossos sócios que a gente tem muita confiança que o Coritiba vá cumprir seus objetivos esse ano, com muita luta”, afirmou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

×