HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

25/09/2022



Sem Categoria

Golaço de Pedro elimina Athletico da Copa do Brasil

 Golaço de Pedro elimina Athletico da Copa do Brasil

Em um jogo bastante disputado, no qual se destacou a habilidade de Pedro, o Flamengo derrotou o Athletico, por 1 a 0, nesta quarta-feira (18), na Arena da Baixada, e se classificou para a semifinal da Copa do Brasil. No Maracanã, semana passada, os times haviam empatado sem gols.

Com o resultado, o time rubro-negro carioca vai enfrentar o vencedor do duelo entre América-MG e São Paulo, que se enfrentam nesta quinta-feira (18), em Belo Horizonte.

O Flamengo começou o jogo como se estivesse no Maracanã. Atuando pelas laterais, mais pela direita com Rodinei, o time carioca pressionou bastante. A primeira finalização só foi feita aos seis minutos, com Arrascaeta, que mandou fora da entrada da área

O Athletico equilibrou rapidamente a disputa, ao adiantar sua marcação e dificultar a saída de bola do Flamengo. Fernandinho e Terans armaram as jogadas do time paranaense. O ex-volante do Manchester City arriscou de longe e errou o alvo.

A partir dos dez minutos, a ‘briga’ pela bola no meio de campo ficou intensa. O árbitro Raphael Claus optou por não dar cartões e os jogadores aproveitaram para acirrar a disputa. Com isso, várias faltas ríspidas foram cometidas dos dois lados.

Por três vezes o jogo teve de ser interrompido porque Gabriel, Éverton Ribeiro e João Gomes acusaram faltas. Felipão e Dorival reclamaram demais da arbitragem. O primeiro amarelo só foi sair aos 22 minutos para Terans. Uma pena dois times de bom nível técnico preferirem no início adotar um estilo mais agressivo.

Depois dos 30 minutos, os ânimos se acalmaram e o Flamengo voltou a ter o domínio, mas ainda sem conseguir concretizar as jogadas. O Athletico respondeu na mesma moeda, com Khellven pela direita.

Com os times pensando em jogar futebol, as chances passaram a surgir. Matheus Felipe cabeceou por cima da meta de Santos, enquanto Gabriel forçou Bento a fazer boa defesa.

O começo do segundo tempo foi todo do Flamengo, que voltou a concentrar suas ações pelo lado direito com Rodinei. O lateral-direito esteve presente em três jogadas e em duas forçou Bento a realizar defesas.

De tanto insistir, Rodinei chegou mais uma vez na linha de fundo e cruzou para o aproveitamento espetacular de Pedro, que emendou de bicicleta, aos 12 minutos para abrir o placar para o Flamengo

Confiante em sua força ofensiva, o Flamengo seguiu no ataque e deixou espaços para o Athletico contra-atacar. Os goleiros tiveram de mostrar serviço. Bento defendeu chute de Everton Ribeiro e Erick finalizou de longe e Santos fez bela defesa. O jogo ficou muito bom.

A diferença das equipes estava na quantidade de bons jogadores que o Flamengo possui em seu elenco. Aos 29, Pedro dominou a bola com um lindo toque e serviu Gabriel livre, praticamente sem goleiro, mas o atacante acertou a trave.

O Athletico, empurrado pela torcida, tentou o gol de empate, que levaria a decisão para os pênaltis. Cuello por pouco não teve êxito, aos 36 minutos. Os comandados de Felipão tentaram até o final, mas não conseguiram empatar.

 

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO-PR 0 X 1 FLAMENGO

ATHLETICO-PR – Bento; Pedro Henrique, Thiago Heleno e Matheus Felipe (Cuello); Khellven, Erick, Hugo Moura, Abner Vinícius e Fernandinho; Terans (Vitinho) e Pablo (Canobbio). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

FLAMENGO – Santos; Rodinei, Fabrício Bruno, Léo Pereira e Filipe Luís; Gomes, Vidal (Victor Hugo), Everton Ribeiro (Pablo) e Arrascaeta (Diego); Gabriel (Everton) e Pedro (Lázaro). Técnico: Dorival Jr..

GOL – Pedro, aos 12 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Raphael Claus (SP).

CARTÕES AMARELOS – Terans, João Gomes, Hugo Moura, Fernandinho e Pedro Henrique.

RENDA E PÚBLICO – Não divulgados.

LOCAL – Arena da Baixada, Curitiba.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

×