HojePR

HOJEPR LOGO
Siga no WhatsApp
Pesquisar

14/07/2024

NEGÓCIOS

Mercado Público de Foz do Iguaçu: novo edital é lançado atendendo a pedido de empresários

O edital para se tornar dono de um box comercial no Mercado Público, em Foz do Iguaçu, foi reaberto na última sexta-feira (7). O Parque Tecnológico Itaipu (PTI) informa que a disputa será realizada na modalidade de avaliação competitiva, de forma eletrônica, no tipo maior lance de preço por box, em modo de disputa aberta. A sessão pública ocorrerá via sistema “Licitações-e” [www.licitacoes-e.com.br] durante todo o dia 26 de junho.

De acordo com o diretor de turismo do PTI, Yuri Benites, o edital foi reaberto em resposta aos pedidos de empresários que não conseguiram se inscrever a tempo na primeira edição, lançada em abril de 2024. “Nosso objetivo agora é alcançar um novo público que já demonstrou interesse em participar”, comenta o diretor. “Já temos contratos assinados, resultado do primeiro edital, e estamos realizando reuniões periódicas com os lojistas. A intenção é que esses novos participantes se integrem o quanto antes ao grupo de permissionários e tomadores de decisão”.

As propostas podem ser cadastradas até o dia 26 de junho. A classificação será com base na maior oferta de preço por box, respeitando os valores mínimos e máximos estabelecidos, bem como os critérios de desempate. Podem participar da avaliação competitiva pessoas jurídicas cuja finalidade e ramo de atuação atendam a todas as condições e requisitos exigidos no edital e que estejam cadastradas no sistema “Licitacoes-e” do Banco do Brasil. Todos os detalhes estão disponíveis no edital e nos documentos anexos, que podem ser acessados em: https://portaldecompras.pti.org.br/.

Conheça os segmentos de boxes em licitação

Os boxes disponíveis para locação abrangem uma ampla variedade de segmentos, sendo elas: Restaurante Italiano, Oriental e Árabe; Açougue; Casa do Açaí; Pizza e Calzone; Casa da Salada e Sanduíche Natural; Antiguidades; Gastronomia Funcional; Crepe e Tapioca; Gastronomia Trinacional; Chocolate e Doces; Confeitaria; Produtos Naturais e Veganos; Panificadora e Massas Caseiras; Empório Italiano, Oriental, Nordestino e Gaúcho; Floricultura; Restaurante de Comida Brasileira; Pastel e Caldo de Cana; Chás e Fitoterápicos; Serviços de Costura/Armarinho; Hortifruti Comercial; Produtos para Pet; Suplementos Alimentares; Utilidades para Casa; Casa de Bebidas; Sorvetes e Sobremesas; e Cafeteria Coworking.

Segundo Benites, a estratégia principal do Mercado é o desenvolvimento territorial, impulsionando o crescimento econômico de forma sustentável. “O modelo do edital busca proporcionar oportunidades para todos, incluindo pequenos empreendedores. Os valores considerados são apenas a composição dos custos, excluindo lucros, em conformidade com a natureza do PTI, que é uma instituição sem fins lucrativos”, destacou Yuri Benites, informando que o empreendimento funcionará como um equipamento cultural, um ponto de encontro da comunidade e um atrativo turístico.

Por que devo investir no Mercado Público?

Mercados públicos contam histórias. Seja um turista curioso pela cultura da cidade que está visitando, ou um morador que frequenta o local diariamente para comprar produtos frescos, esses espaços estão profundamente entrelaçados com a história local.

Sobre o Mercado Público

Construído pela Itaipu Binacional, o Mercado Público foi entregue ao PTI, em regime de comodato, em fevereiro de 2024. Esta ação faz parte de um conjunto de iniciativas promovidas pela Itaipu em sua área prioritária, que visam foementar o turismo, com vistas ao desenvolvimento do território e inclusão produtiva.

Leia outras notícias no HojePR.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *