HojePR

HOJEPR LOGO
Siga no WhatsApp
Pesquisar

22/07/2024

PROGRAME-SE

Miniauditório do Guaíra recebe ‘BULL’, peça sobre relações tóxicas

No palco do Miniauditório do Teatro Guaíra, quatro atores: Carolina Meinerz, George Sada, Rodrigo Ferrarini e Sidy Correa. Eles emprestam a voz e o corpo para os personagens de “BULL”, do dramaturgo inglês Mike Bartlett. Com tradução de Luci Collin, o texto aborda as relações humanas dentro do ambiente de trabalho, mostrando até que ponto o ser humano é capaz de chegar para manter-se em uma posição privilegiada.

O espetáculo terá uma temporada de apresentações a partir da próxima semana, entre os dias 3 a 14 de julho, de quarta a sábado, às 20h, e aos domingos, às 19h. Os ingressos custam R$ 40 e R$ 20 (meia-entrada). A bilheteria abre 1h de cada apresentação e os ingressos serão vendidos somente no local.

“BULL” pode ser uma tradução para touro ou uma abreviação em inglês para a palavra “besteira” (bullshit), ou ainda para bullying. A peça de Mike Bartlett foi encenada pela primeira vez no Reino Unido, onde ganhou o prêmio de Melhor Peça no Theatre Awards em 2013, e agora tem a primeira montagem curitibana, com direção da premiada atriz e diretora Laura Haddad.

“Tenho uma grande admiração pelo trabalho do Mike, inclusive gosto muito desse texto, que particularmente me interessa muito pela temática do bullying, do assédio e das relações tóxicas que estão em voga em diversos ambientes comuns de convivência, causando stress e comprometendo a saúde mental de muita gente, especialmente após a pandemia”, conta a diretora.

Nos 60 minutos de espetáculo, o público é convidado a acompanhar Tony, Isobel e Thomas, três funcionários que aguardam em uma antessala a decisão do chefe Carter sobre qual deles perderá o emprego.

“’BULL’ aborda as relações humanas de maneira superficial e quando estão em um ambiente de competição, apontando os defeitos e as fraquezas de cada um. Em muitos momentos o público vai esperar uma redenção ou uma escapatória, mas ela não vem porque o mais surpreendente de ‘BULL’ é que não há reviravolta. São 60 minutos intrigantes e desconfortáveis”, diz Laura.

Os personagens não medem suas palavras, um jogo que mostra a linha tênue entre as políticas empresariais e o bullying praticado nos playgrounds.

“Essa é a grande sacada de ‘BULL’, um espetáculo realista que mostra o pior das pessoas, principalmente quando elas estão sob pressão. Traz para a cena o ambiente corporativo e o assédio moral. E nós do elenco e da equipe temos o desejo comum de revelar um pouco dessas relações, dessas guerras que são travadas entre os personagens, e que o público só vai saber no final se algum deles irá ser salvo”, revela Sidy Correa.

Serviço

Peça “BULL”

Data: de 3 a 14 de junho

Local: Miniauditório do Teatro Guaíra (Rua Amintas de Barros s/n – Centro

Horário: quarta a sábado, às 20h; domingos às 19h

Ingresso: R$20 e R$ 40 (a bilheteria abrirá uma hora antes de cada apresentação e os ingressos serão vendidos somente no local)

Para mais notícias acesse HojePR.com

(Foto: Divulgação)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *