HojePR

HOJEPR LOGO
Siga no WhatsApp
Pesquisar

14/07/2024

NEGÓCIOS

SOS Indústria RS vai atuar na reconstrução da economia gaúcha

Resultado de uma parceria entre as empresas The Way, Smart Capex, Trius, Beasybox, Brenner & Caletti, Diferencial, Squad One, Plexar, CapTable, Gear Up e Citymatch com o LIDE Paraná, Abinee, entre outras instituições que estão se aliando ao movimento, está no ar a plataforma SOS Indústria RS, um canal confiável, que integra informações e assessora os empreendedores gaúchos impactados diretamente pela tragédia do Rio Grande do Sul. A plataforma usa tecnologia de ponta baseada em AI (Artificial Inteligence), Big Data e BI (Business Inteligence) para mapear as empresas e comunidades mais afetadas pelas enchentes e buscar alternativas de recursos para retomar a produção, realocação e a manutenção da produção e empregos.

Os brasileiros estão mobilizados em solidariedade para ajudar os gaúchos que sofrem pelas enchentes que já atingiram mais de 450 municípios nas últimas semanas. “Neste primeiro momento, o resgate das pessoas, as ações humanitárias, doações e o restabelecimento de serviços de primeira necessidade são ações emergenciais e prioritárias. Mas também precisamos pensar na manutenção dos empregos e em um plano de reconstrução da economia do Estado”, explica Gleverton De Munno, um dos idealizadores da plataforma SOS Indústria RS e sócio fundador da Smart Capex.

“Precisamos dar suporte aos empresários para um movimento ordenado de reconstrução da economia gaúcha. Muitas indústrias estão debaixo d`água com pedidos para serem entregues, muitos trabalhadores nos abrigos e alojamentos que perderam todos os bens materiais e estão sem perspectivas se terão ou não mantidos os seus postos de trabalho a fim de que possam reconstruir suas vidas”, destaca Leon Le Senechal, sócio da Smart Capex e que vai atuar diretamente na área de inteligência de dados.

Um time de técnicos e empreendedores voluntários vão classificar as empresas cadastradas por grau de comprometimento de capacidade e possibilidade de terceirização de manufatura em outras unidades do mesmo segmento da região sul.

“Nós vamos ajudar as empresas a acessarem recursos incentivados, mais de trinta instrumentos derivados de medidas emergenciais e incentivos já disponíveis de três naturezas: fiscal, financeiro e de infraestrutura, para apoiar as empresas a superarem este momento tão difícil. Seja orientando as empresas na utilização dos trinta instrumentos e incentivos emergenciais, seja buscando soluções para recuperar as unidades produtivas, como também a terceirização de produção e manufatura de seus produtos na região, que inclui também outros estados, como Santa Catarina e Paraná”, explica De Munno.

Segundo a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), nove em cada dez indústrias do Rio Grande do Sul foram atingidas pelos efeitos das enchentes. As regiões mais atingidas concentram 48,3 mil indústrias, impactando 94,3% de toda atividade econômica gaúcha no setor. Juntas, elas empregam 818,3 mil pessoas no Estado. As atividades industriais mais afetadas são a dos Vale dos Sinos, metropolitana e serra gaúcha.

Neste primeiro momento a plataforma SOS Indústria RS vai focar seus esforços no cadastro e resgate das indústrias que tiveram suas cadeias produtivas e colaboradores severamente afetados e que devem se inscrever por meio do site www.sosindustriars.com.br para receber ajuda das empresas voluntárias e entidades empresariais parceiras da plataforma.

 

Leia outras notícias no HojePR.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *