HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

29/01/2023



Sem Categoria

Em quatro meses, Athletico já tem o ano mais caro da sua história

 Em quatro meses, Athletico já tem o ano mais caro da sua história

Por Rodrigo Martins – 

 

Nos últimos dois anos, o Athletico vem mudando a sua forma de fazer negócios. Antes o clube priorizava a revelação e venda de jogadores. Atualmente, foca na compra de atletas com valores de alto padrão.

 

Para o Furacão, a temporada de 2022 está sendo a maior quando se fala em contratações. Até o momento, o clube investiu R$ 64 milhões em cinco contratações. A mais recente foi da jovem estrela do Cruzeiro, Vitor Roque, que, sozinho, custou R$ 24 milhões para os cofres rubro-negros. Outros dois atacantes, o uruguaio Augustín Cannobio e o argentino Tomás Cuello, tiveram um custo de R$ 15,2 e R$12,8 milhões, respectivamente.

 

O trio de atacantes ocupam o Top 3 de contratações mais caras da história do Athletico. Entre os anos de 2021 e 2022, o Athletico já gastou cerca de R$ 92,7 milhões na compra de reforços para a equipe. Após as conquistas da Sulamericana de 2018 e Copa do Brasil de 2019, o Furacão finalmente começa, aos poucos, a abrir seu caixa com contratações que podem ajudar a equipe a elevar o seu patamar.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *