HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

07/02/2023



Sem Categoria

Athletico perde para o América-MG e pode terminar rodada na ZR

 Athletico perde para o América-MG e pode terminar rodada na ZR

O América-MG levou a melhor no confronto direto com o Athletico-PR para se afastar das últimas colocações do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (30), na Arena Independência, pela quarta rodada da competição, as duas equipes travaram uma disputa equilibrada, mas os comandados do técnico Vagner Mancini foram mais felizes no segundo tempo para saírem de campo com a importante vitória por 1 a 0, graças ao gol de Índio Ramírez.

 

Com o resultado, o América-MG foi a seis pontos, deixando a parte de baixo da tabela. O Athletico-PR, por sua vez, amargou a terceira derrota no Brasileirão em quatro jogos, podendo, inclusive, integrar a zona de rebaixamento ao fim da rodada.

 

O jogo

O América-MG precisou de apenas dois minutos para abrir o placar. Patric recebeu bom passe em profundidade, chegou à linha de fundo e cruzou para o meio da área. Pedrinho, no segundo pau, completou para o fundo das redes, mas o árbitro marcou impedimento do lateral-direito do Coelho na origem da jogada. O Athletico-PR respondeu com Cuello, que, ao tentar alçar a bola na área pela esquerda, contou com o desvio da defesa rival e quase encobriu o goleiro Jailson, que estava esperto para fazer a defesa.

 

Cuello seguiu sendo a principal ameaça do Furacão no Independência. Primeiro, o argentino aproveitou o cabeceio de Vitor Bueno para aparecer no segundo pau e completar de primeira, na entrada da pequena área, mas mandou por cima do gol. Depois, em arremate de longa distância, o lateral-esquerdo também não conseguiu acertar a baliza.

 

O América-MG voltou a assustar o goleiro Bento com Paulinho Boia, que recebeu na intermediária e decidiu bater de longa distância, tirando tinta do travessão, mas a arbitragem também marcou impedimento do atacante americano.

 

Segundo tempo

Na etapa complementar, o Athletico-PR só não abriu o placar aos cinco minutos graças a Jailson. Pedro Henrique subiu mais alto que a defesa do América-MG e cabeceou no cantinho, obrigando o goleiro do Coelho a se esticar todo para fazer ótima defesa. Os donos da casa responderam aos 11 com Paulinho Bóia, que bateu da entrada da área, rasteiro, carimbando a trave.

 

Fábio Carille decidiu mexer no time, promovendo as entradas de Canobbio, David Terans e Vitinho, e viu seus jogadores quase abrirem o placar. Primeiro com Vitinho, que se livrou de Patric, levou para o meio e bateu da entrada da área, mas parou em Jailson. Depois, Lucas Fasson viu Éder bloquear seu chute em cima da linha.

 

Mas, como quem não faz, toma, o Athletico-PR foi castigado já na reta final. Índio Ramírez recebeu bom passe de Cárceres, driblou a zaga do Furacão e bateu na saída do goleiro garantindo a vitória do Furacão no Independência.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *