HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

29/01/2023



Sem Categoria

Atletas brasileiros contratados por clubes ucranianos, voltam pra casa

 Atletas brasileiros contratados por clubes ucranianos, voltam pra casa

Sérgio Brandão
Especial para o HOJEPR

O retorno de vários jogadores de futebol ao Brasil, fugindo da guerra no leste europeu, faz crescer os olhos do mercado interno neste início de ano, ainda em pré- temporada.

 

São atletas na maioria de boa qualidade, que provavelmente voltam pra casa para não mais retornar à Ucrânia, não só pela insegurança na região (muitos com famílias e crianças), mesmo que o conflito tenha fim nos próximos dias.

 

Há muito tempo a insegurança de viver na região já era motivo de preocupação para muitos, dizem os mais informados sobre as relações entre Ucrânia e Russia.

 

Para clubes médios ou até grandes aqui no Brasil, muitos destes atletas seriam a solução.

 

São cerca de 30 jogadores que defendiam clubes da primeira divisão do futebol Ucraniano. Até a manhã desta terça-feira (1), 22 atletas já tinham conseguido voltar ao Brasil. A maioria defende o principal clube da Ucrânia, o Shakhtar Doretski.

 

Voltar ou não à Ucrânia, mesmo com o fim da guerra, ainda é um tema que muitos preferem não falar. “Ainda é cedo. Agora o mais importante é estar em segurança com a família no Brasil” – diz a maioria.

 

Nas próximas semanas, a Fifa -Federação Internacional de Futebol, deve se pronunciar sobre a situação de cada um dos casos, não só dos brasileiros, mas de atletas de outros países que também jogavam pelos clubes ucranianos. Até agora, a Russia está sendo banida das competições internacionais, tanto do futebol como de outras modalidades esportivas.

 

Segue abaixo, lista de atletas brasileiros atuando por clubes da Ucrânia, divulgada pelo portal Terra:

 

Shakhtar Donetsk: Marlon (zagueiro), Vinícius Tobias (laterai), Vitão (zagueiro), Dodô (lateral), Ismaily (lateral), Maycon (volante), Tetê (atacante), Marcos Antônio (meia), Alan Patrick (meia), Pedrinho (atacante), Fernando (atacante), Júnior Moraes (atacante; nascido no Brasil, mas naturalizado ucraniano) e David Neres (atacante).

 

Dynamo Kiev e outros clubes: Vitinho (atacante);

 

Inhulets Petrove: William (zagueiro);

 

Vorskla: Lucas Rangel (zagueiro);

 

Chornomorets: Wanderson (volante);

 

Kolos Kovalivka: Diego Carioca (atacante) e Renan Oliveira (atacante);

 

Rukh Vynnyky: Edson (volante) e Talles Brenner (atacante);

 

Dnipro: Busanello (lateral), Felipe Pires (atacante) e Bill (atacante);

 

Metalist: Fabinho (meia), Marlyson (atacante) e Derek (atacante);

 

Zorya Luhansk: Juninho (lateral), Cristian (atacante) e Guilherme (atacante).

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *