HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

30/01/2023



Capital

Bairro Novo do Caximba começa a sair do papel

 Bairro Novo do Caximba começa a sair do papel

O governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou nesta segunda-feira (07) o lançamento do Edital de Licitação do Bairro Novo do Caximba, em Curitiba, durante evento realizado na Prefeitura de Curitiba. Para a construção do novo bairro, o Governo do Estado, por meio do Instituto Água e Terra (IAT), doou um terreno na Vila 29 de Outubro, uma Área de Proteção Ambiental (APA), onde há uma ocupação instalada. O espaço de 33 alqueires, ou cerca de 800 mil metros quadrados, foi regularizado e já está com toda a documentação assinada. O terreno equivale a um investimento de cerca de R$ 240 milhões.

 

O Bairro Novo do Caximba vai atender 1.693 famílias, com a construção de 1.147 novas casas e outras 546 com regularização fundiária e obras de infraestrutura. No primeiro momento, o edital contempla a construção das primeiras 752 unidades habitacionais do local.

 

“É uma das maiores áreas do Brasil que hoje está sendo doada para esse projeto que vai transformar a vida das pessoas que moram no bairro da Caximba, dando dignidade, qualidade de vida, melhorando a educação. Não existe nada nesse volume de recursos atendendo tantas famílias ao mesmo tempo”, declarou o governador.

 

“Esse projeto da prefeitura vai ao encontro do que estamos fazendo em outras cidades do Paraná, como os Parques Urbanos e o programa Casa Fácil. Estamos fazendo outras 30 mil casas no Paraná junto com essas 1.147. Temos também o programa de regularização fundiária do Estado, que chega a 20 mil famílias, para que possam finalmente ter seu patrimônio pessoal reconhecido. Tudo isso somado ao maior programa socioambiental de urbanização do Brasil”, complementou Ratinho Junior.

 

“Em três meses as obras começam, é uma mudança completa da geografia de Curitiba na sua parte mais vulnerável, inclusive em termos de segurança pública. Além disso, as casas serão tituladas para as mães das famílias. A prefeitura, o Governo do Estado e a Agência Francesa de Desenvolvimento estão realizando o maior programa socioambiental da atualidade no Brasil”, destacou o prefeito Rafael Greca.

 

A Vila 29 de Outubro é uma ocupação situada em área de proteção ambiental, e está inserida em um aglomerado com grande necessidade de infraestrutura, do qual também fazem parte outros loteamentos irregulares (Primeiro de Setembro, Vila Juliana, Vila Milhinho, Vila Dantas, Vila das Cruzes / João Batista e Vila Espaço Verde).

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *