HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65
Siga no WhatsApp

23/06/2024

bastidores coluna hojepr.com

Bateu o desespero no grupo do prefeito Ulisses Maia

ulisses

O prefeito Ulisses Maia e seu vice, Edson Scabora, tentam mostrar tranquilidade em relação à eleição deste ano em Maringá. Sempre que participam de eventos públicos costumam dizer que as pesquisas de opinião estão erradas e que a candidatura do ex-prefeito Silvio Barros não vai se confirmar. Quando as portas dos gabinetes fecham, porém, o clima de desespero impera na turma do prefeito maringaense.

Assustados com os resultados das pesquisas, que não apenas mostram uma eleição tranquila de Barros, mas que a candidatura de Scabora não decola nem com reza brava, os estrategistas que gravitam em torno de Maia já apelam para soluções rocambolescas. A última delas é oferecer a vice de Scabora para o MDB, partido de onde ele saiu em clima nada amigável.

 

Perguntar não ofende

Ainda falando de Maringá, será que o prefeito Ulisses Maia sabe que o seu secretário da Fazenda, Orlando Chiqueto Rodrigues, gastou pouco mais de R$ 4 mil para participar da festa de premiação do XII Prêmio Sebrae Prefeitura Empreendedora, realizada em abril deste ano? Toda essa verba foi gasta em despesas de viagem com o secretário e mais quatro servidores do gabinete, que viajaram a Curitiba, com direito a pernoite na capital, para voltar sem receber nenhum prêmio.

 

Convenções

O Tribunal Regional Eleitoral já definiu o período das convenções partidárias deste ano: de 20 de julho a 5 de agosto. Nesse período, os partidos podem deliberar sobre coligações e escolher candidatas e candidatos aos cargos de prefeito, vice prefeito e vereador.

 

Convenções (II)

O PSB já definiu a data da sua convenção: 27 de julho. O PDT faz a sua no dia seguinte, 28 de julho. Consultados pelo HojePR, PSD e União Brasil ainda estão discutindo a data. O PT não respondeu ao contato.

 

Alerta

O deputado e pré-candidato à Prefeitura de Curitiba, Ney Leprevost, usou suas redes sociais para fazer um alerta: “começou a baixaria”. Leprevost se refere a uma imagem em que aparece fazendo o “L” do PT e que foi divulgada depois da votação do projeto que terceiriza a administração das escolas estaduais. De fato, trata-se de uma montagem extremamente mal feita, onde colocaram a cabeça do deputado no corpo de outra pessoa. Leprevost mostra, inclusive, que a imagem adulterada é do presidente Lula. “Essa pessoa está fazendo o L, coisa que eu nunca fiz, porque eu nunca votei no PT”, disse o deputado.

 

Marcelo Rangel reassume cadeira na Assembleia Legislativa do Paraná

Pré-candidato à Prefeitura de Ponta Grossa, o deputado Marcelo Rangel (PSD) reassumiu sua cadeira na Assembleia Legislativa do Paraná na segunda-feira (3). Rangel exerce seu terceiro mandato, mas estava licenciado porque ocupava o cargo de Secretário de Estado da Inovação, Modernização e Transformação Digital do Governo do Paraná. Com a volta de Marcelo Rangel, quem deixa a Assembleia é o deputado Wilmar Reichembach, suplente da bancada.

 

Leia outras notícias no HojePR.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *