HojePR

HOJEPR LOGO
Siga no WhatsApp
Pesquisar

24/07/2024

GASTRONOMIA

Capital do vegetarianismo: descubra uma Curitiba sem carne com este roteiro gastronômico

Por Isabella Honório

 

Chegar no restaurante ou no bar, revirar o cardápio e acabar pedindo só um suco ou uma cervejinha. Para quem é vegetariano, a situação é comum – pode ser um pouco difícil encontrar opções nos menus que não contenham ingredientes de origem animal. Apesar de Curitiba ser considerada a capital brasileira do vegetarianismo, com cerca de 16% da população declarando seguir uma dieta sem carne, de acordo com o IBOPE Inteligência (2018), e mesmo que vários restaurantes tenham incluído uma ou duas opções sem carne no menu com o crescimento do número de adeptos nos últimos anos, não é todo estabelecimento que está preparado para receber o público veg.

 

A escolha por uma alimentação sem carne pode vir por vários motivos, como o desejo de comer de forma mais saudável e natural, mas é a compaixão pelos animais que guia a decisão de seguir este estilo de vida de muitos vegetarianos. Por isso, restaurantes, cafés e docerias com o cardápio 100% veggie e que se preocupam em usar insumos totalmente plant based (à base de plantas) e sustentáveis acabam chamando mais a atenção dos adeptos da alimentação sem crueldade animal. Para vegetarianos, veganos e pessoas curiosas pelo estilo de vida veg e pela culinária sem ingredientes de origem animal, aqui está um roteiro gastronômico por Curitiba.

 

Antes de qualquer coisa, é importante estar por dentro dos termos: vegetarianos (ou ovolactovegetrainos) são pessoas que não consomem carne, já os veganos (ou vegetarianos estritos) não consomem nenhum produto de origem animal, como queijos, ovos e mel. O veganismo também pode ser considerado mais amplo, e inclui outras áreas da vida pessoal, como consumir produtos de higiene e limpeza não testados em animais, não usar vestimentas ou acessórios de couro e não incentivar a compra de animais de estimação, apenas a adoção.

 

Um pouquinho de tudo 

 

• Semente de Girassol

Começando com um clássico 100% vegan. O carro chefe da casa, localizada pertinho do Largo da Ordem, é o buffet livre, com um cardápio rotativo e com preço acessível. O restaurante também serve pizzas e salgados, além de vender alguns cosméticos não testados em animais e ração vegana para cães. Ah, e não dá para visitar o Semente e não sair com um sorvete de casquinha na mão.

 

R. Mateus Leme, 115 – São Francisco

 

• Viva la Vegan

O VLV conta com um cardápio variado e completamente vegano, com refeições, lanches, salgados e doces. O prato do dia varia entre os clássicos da culinária brasileira – destaque para a feijoada e o churrasquinho – e internacional, como mexicana, árabe, coreana e indiana. Entre as sobremesas, estão o bolo de pote, pão de melado (versão vegana do pão de mel) e brigadeirão. O restaurante conta com um empório com alguns produtos como requeijão e tofu.

 

R. Presidente Carlos Cavalcanti, 492 – LJ2 – Centro

 

• Veg Veg

O restaurante e empório conta com hambúrguer, cachorro-quente, porções variadas de anéis de cebola, quibe de lentilha e falafel, e a tradicional feijoada da casa no fim de semana, com linguiça de soja frita e coco crocante. O ambiente, localizado no São Francisco, é super colorido e acolhedor. O menu também é totalmente à base de plantas.

 

R. Visconde de Nácar, 655 – São Francisco

 

• GreenGo

Com unidades no Juvevê e no Batel, o GreenGo tem um cardápio vegetariano bem diversificado. As entradas vão de guiozas e falafel à dadinhos de tofu. Entre os pratos principais, a casa serve risoto de pesto de rúcula, moqueca de palmito e pad thai de cogumelos. O menu também inclui sanduíches de falafel, quibe e feijão e funghi. O destaque vai para as opções Slow – servidas com pão sírio para comer com mãos.

 

R. Barão de Guaraúna, 480 – Juvevê

Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1282 – Batel

 

• King Vegan

A cozinha abre para o almoço de segunda à sábado, com o prato do dia e também servindo burguers, porções e açaí. O espaço é initmista e fica no bairro Juvevê. O restaurante já respresentou a culinária vegana em grandes eventos como o Coolritiba e o Festival de Jazz.  É possível fazer a assinatura para receber as marmitas do King Vegan todos os dias em casa ou no trabalho com entrega grátis.

 

R. Augusto Stresser, 826 – Juvevê

 

• Sushi Vegano 

Todos os clássicos da cozinha japonesa na versão vegana. No cardápio aparecem receitas como guioza de legumes, oniguiri, bastão de camarão de PTS, rolinho primavera com patê de atum e cream cheese vegetais. Também é possível pedir combinados e yakissobas, temakis e pokes.

Av. Presidente Affonso Camargo, 831 – L3 – Cristo Rei (delivery ou retirada)

 

Almoço

 

• Sorella

O Sorella é considerado uma opção tradicional para os vegetarianos de Curitiba, focado em comida saudável e com opções veganas. As receitas são servidas no estilo buffet, com diversas saladas, pratos quentes e sobremesas. São três endereços espalhados pela cidade.

 

R. Herculano Carlos Franco de Souza, 427 – Água Verde

R. Mal. Hermes, 728 – Centro Cívico

Al. Princesa Izabel, 2191 – Bigorrilho

 

• Dom Veggie

Almoço ao ar livre no jardim e um ambiente pet friendly. Essa é a proposta do Dom Veggie, que serve os pratos vegetarianos e saladas orgânicas no sistema bufett livre ou por quilo, de terça à domingo, sendo a quarta-feira totalmente vegana. O restaurante fica localizado no bairro Seminário e serve de feijoada à sushi.

 

Av. Sete de Setembro, 6797 – Seminário

 

Hamburguer, hot dog e pizza

 

• Páprica Vegan

Nem só de saladas vive o vegano. O Páprica tem um cardápio com hambúrgueres, hot dogs, coxinha de jaca, pastel e shawarma de falafel. Além disso, a lanchonete oferece um menu especial rotativo com preparos especiais e opções de doces caseiros e artesanais, que combinam com o espacinho charmoso no Centro da cidade. O destaque vai para o queijo cheddar de castanha, o vegbacon e a salsicha de feijão com tofu da casa.

 

R. Francisco Torres, 107 – Centro

 

• Fat Buda

Com unidades no Paraná e em São Paulo, a Fat Buda é uma marca de fast food vegetariana com parceria com a famosa Fazenda Futuro, que produz congelados à base de plantas. A marca tem como slogan “veggie sem frescura”, para quem se preocupa mais com os animais do que em contar calorias. O cardápio inclui smash burgers, hot dogs, choripans, batata frita e sobremesas.

 

Rua Desembargador Westphalen, 2439 – Parolin

R. Euclides da Cunha, 1636 – Bigorrilho

R. Holanda, 57 – Bacacheri

 

• Janaíno Vegan

Comidinhas de boteco e o tradicional pão com bolinho curitibano em um ambiente descontraído no estilo barzinho. Os endereços do Janaíno são a tradicional Rua São Francisco e o Largo da Ordem, onde já se tornaram uma referência para quem não consome produtos de origem animal e está por ali curtindo a noite. Os bolinhos são feitos com grão de bico ou PTS, e entre os belisquetes, estão os sticks de lentilha e mandioca, servidos para combinar com uma bera, claro.

 


R. São Francisco, 50 – Centro

R. Dr. Claudino dos Santos, 116 – São Francisco

 

Pausa para o café

 

• Mornings

Café da manhã servido o dia todo. O menu inclui torradas, tapiocas, pães, waffle e panqueca. Aparecem entre os recheios, tofu e cogumelos e abacate. Na parte das bebidas, smoothies com leite vegetal, kombucha, matcha e mate. Para combinar, o estabelecimento tem um clima bem good vibes com muita iluminação natural, plantas e um deck.

 

R. Coronel Dulcídio, 544 – Batel

 

• Natural Café – Empório Vegetariano

A cafeteria tem um cardápio leve e natural, com sanduíches de pães integrais e queijo de castanha, smoothies, sucos especiais e shakes à base de castanhas. Também é possível montar sua salada, pedir a sopa e prato do dia e encomendar doces e tortas.

 

Av. Rep. Argentina, 2140 – Portão

 

• Maki Vegan Café

Além de ser uma cafeteria 100% vegan, o Maki conta com opções sem glúten. O menu apresenta receitinhas típicas de café da tarde, como broas, bolachas e bolo de milho; além das várias opções de cafés especiais sendo quentes ou frios, salgados fritou e assados e lanches com hambúrguer de tofu defumado, presunto de grão de bico e queijo vegetal.

 

R. Rodrigues Alves, 66 – Seminário, Curitiba

 

Para ir às compras

 

• Açougue do Bem

Não precisa abrir mão do churrasquinho para defender a causa animal. O Açougue do Bem oferece um catálogo com diversos “cortes” e receitas na versão vegana. Algumas das opções são: espetinho de shitake, carne de soja moída, nuggets de tofu e hambúrguer de pinhão. Também é possível comprar preparos clássicos como lasanha, strogonoff e barreado na forma de marmitas.

 

Av. Presidente Getúlio Vargas, 4482 – Vila Izabel (delivery ou take away)

 

• Ugami Vegan Food

Para quem não consome produtos de origem animal: já imaginou entrar em um mercado e não ter que ficar lendo rótulos e escolhendo a dedo o que pegar das prateleiras? O Ugami o mercado com a maior variedade de produtos veganos do Paraná. O catálogo vai de congelados e itens de geladeira como carnes vegetais, iogurtes e queijos até cosméticos e produtos pet.

 

Av. Sen. Souza Naves, 274 – Alto da XV

 

  • VMarché Vegan Market

Considerado o primeiro mercado vegano do Brasil, o VMarché é super completo, com prateleiras cheias de produtos de origem vegetal de várias marcas. São diversas opções de carnes veganas, iogurtes, leites, queijos, fatiados, sorvetes, chocolates, salgadinhos, grãos, cereais, cremes, pastas, molhos, massas, itens de mercearia, produtos de limpeza e higiene pessoal.

 

R. André de Barros, 462 – Centro

Vai um sorvetinho?

 

• Melky Veg

Além da preocupação com o sabor e a saúde, na sorveteria, a sustentabilidade também faz parte das receitas originais dos sorvetes de massa. São cinco sabores feitos com leite 100% vegetal: creme, chocolate, morango, creme & cookie e chocolate & cookie. A loja da Melky e as embalagens dos sorvetes são um charme à parte.

 

R. Dep. Estefano Mikilita, 125 – Portão

 

Bônus: Almoço no Tempo Hare Krishna

Alimento para o corpo e para o espírito – e de graça. No Tempo Hare Krishna Curitiba Mandir, de segunda à sexta-feira, das 12h às 13h, são oferecidas cerca de 200 refeições como parte do Projeto Alimentos Para Vida. Os hare krishna, de tradição hindu, mantém uma deita “prasadiana”, que não deve carregar o sofrimento da morte de um animal. Os pratos não são apenas para pessoas em situação de vulnerabilidade, todos podem aproveitar o almoço com tempero indiano servida pelos monges em mesas dispostas no primeiro andar do templo.

R. Duque de Caxias, 76 – São Francisco

 

Conhece mais algum lugar para comer comida vegetariana em Curitiba? Mande sua sugestão pelo e-mail [email protected] ou pelo Instagram @hojepr.

 

Para mais notícias acesse HojePR.com

(Foto: roam in color/ Unsplash)

1 Comentário

  • Oi, senti falta do mercado vegano VMarchè na lista. Ele fica na Nilo Cairo, bem próximo ao Guadalupe e tem de tudo: desde o prosaico arroz, feijão, macarrão e molhos, até todo tipo de carne vegetal, doces, chocolates, sorvetes, passando por cosméticos, produtos de limpeza, maquiagem, vinhos, queijos veganos, cervejas, iogurtes, etc. É super completo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *