HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

28/01/2023



política

Carboni é exemplo político da arte de abraçar adversários

 Carboni é exemplo político da arte de abraçar adversários

Em 2018, o advogado Rogério Carboni, do corpo jurídico do MDB de Roberto Requião, apontava todas as metralhadoras para derrubar o então candidato Ratinho Junior (PSD). Na briga pela eleição passada ao governo estadual, Carboni não poupou nem o pai do governador, o apresentador Ratinho, acusado de promover showmício (processo nº 0603432-95.2018.6.16.0000/TRE).

 

Passados quase quatro anos, Carboni é nomeado pelo governador Ratinho Junior para assumir a Secretaria da Justiça, Família e Trabalho. Uma das pastas estratégicas da atual administração que serviu para abrigar o MDB, neo integrante do governo de Ratinho Junior.

 

Carboni teve passagens pela Casa Civil do Governo do Estado, como diretor-geral, e pelo Paraná Previdência, no cargo de conselheiro de administração, nos governos do ex-governador Roberto Requião (PT).

 

Ligado ao presidente do Partido Movimento Democrático Brasileiro (MDB) no Paraná, Anibelli Neto, e ao ex-deputado federal João Arruda, Carboni foi peça chave na derrocada de Requião do MDB. Apoiou a eleição de Anibelli Neto e juntou-se ao MDB mais fiel a Ratinho Junior.

 

Atualmente, Rogério Carboni é membro do Instituto Paranaense de Direito Eleitoral (Iprade) e da Comissão de Direito Eleitoral da Ordem dos Advogados do Brasil, no Paraná (OAB/PR). Agora, ao ser nomeado para o governo de Ratinho Junior, não será ele que vai processar o atual governador por suposto crime eleitoral durante a campanha de reeleição.

 

Como diz o colunista Zé Beto: isto é política!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *