HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65
Siga no WhatsApp

23/06/2024

PILULAS-CABECA

Coletânea de humor judaico

1. Na porta da Sinagoga:

– Sob a mesma administração há 5.784 anos.

2. Hora da refeição num vôo da El Al:

– O senhor gostaria de jantar? – a comissária de bordo pergunta a Moshe.

– Quais são as opções? – responde Moshe.

– Sim ou não – ela diz.

3. Aviso no mictório num banheiro da Universidade Hebraica de Jerusalém:

– O futuro do povo judeu está em suas mãos.

4. Ao receber a correspondência uma manhã, o Rabino abriu um envelope e tirou uma única folha de papel, onde estava escrita apenas uma palavra:

– Shmock (tradução livre: bobão, trouxa, babaca, etc.).

No serviço de Shabbat, na sexta-feira seguinte, ele anunciou:

– Eu conheço muitas pessoas que escrevem cartas e esquecem de assinar seus nomes, mas esta semana recebi a carta de alguém que assinou seu nome… E esqueceu de escrever a carta.

5. Três senhoras judias se encontraram para um chá:

Assim que sentaram, uma respirou profundamente e soltou um longo “oy” (tradução livre: “ai-ai-ai”, assim como um suspiro que denota desânimo).

A segunda, com a voz cansada, repetiu:

– Oy.

A terceira disse tranquilamente:

– Meninas, eu pensei que havíamos concordado em não falar sobre os filhos…

6. Em um restaurante um garçom se aproximou da mesa cheia de senhoras judias e perguntou:

– Há alguma coisa que está em ordem?

7. Em Saint Louis, no Mississípi, um navio da marinha americana chegou ao porto para uma semana de exercícios navais. Na primeira noite, logo após atracar, o capitão recebeu a seguinte carta da mulher de um rico fazendeiro:

– Caro Capitão, 5ª-feira será o baile de debutante da minha filha Melinda. Gostaria que o Senhor enviasse quatro oficiais bem vestidos e de boas maneiras, solteiros, para participar da dança. Eles devem chegar às 8 da noite, preparados para uma típica noite sulina de conversa e dança com adoráveis jovens senhoritas. Um último ponto: não mande judeus. Aqui nós não gostamos de judeus.

Às 8 horas da 5ª-feira, a senhora na casa ouviu batidas na porta, e quando abriu se deparou com quatro jovens oficiais, impecáveis em seus uniformes, bem apessoados e, detalhe, todos negros.

Irritada e surpresa, ela se recompôs e disse:

– Deve haver algum engano…

– Madame – respondeu um deles, “o Capitão Abraham Goldberg nunca se engana…”

Leia outras Pílulas aqui.

2 Comentários

  • Aprecio o humor judaico.

  • Velhas, mas ótimas. Obrigada

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *