HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65
Siga no WhatsApp

28/05/2024

Segundo turno: as pesquisas e o debate da Band

pesquisas

Apesar de contarmos atualmente com o maior número de pesquisas publicadas em todas as últimas eleições, os eleitores vão votar no dia 30 com muita desconfiança em relação ao que esperar da contagem dos votos.

Depois dos resultados do primeiro turno, em que a maioria das pesquisas erraram os números finais da votação, incluindo os dois institutos mais antigos e conceituados (DataFolha e IPEC ex-IBOPE), os eleitores podem manter a esperança de vitória de seu candidato. Esta expectativa pode mobilizar mais eleitores do que historicamente comparecem ao segundo turno, com redução da abstenção.

Pelo menos, essa é a esperança dos organizadores das campanhas dos dois candidatos.

Hoje, 18 de outubro, faltando apenas 12 dias para votação no segundo turno da eleição para escolher o Presidente do Brasil, as pesquisas continuam apresentando diferenças significativas com relação ao resultado das urnas.

Temos algumas pesquisas que apontam o ex-presidente Lula como vencedor com diferença entre 3 e 10 pontos na frente do atual Presidente Jair Bolsonaro, outras pesquisas apontando empate técnico com diferença dentro da margem de erro das amostragens dos institutos de pesquisa, e até uma pesquisa em que Bolsonaro aparece como vencedor em primeiro lugar.

Vejam abaixo as duas últimas pesquisas publicadas:

Instituto Veritá
Publicada:16/10/2022
Redação RedeTV!

O presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), está com 51,2% dos votos válidos, contra 48,8% de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), segundo a pesquisa do Instituto Veritá, divulgada neste domingo (16).

No cenário geral, o atual presidente também aparece em primeiro lugar somando 48,7% das intenções de voto. Lula aparece com 46,4%, enquanto nulos e brancos são 2,6%, e indecisos, 2,3%.

Segundo o Instituto Veritá, foram ouvidos 5.528 eleitores de 219 cidades brasileiras entre os dias 11 e 15 de outubro de 2022.O levantamento tem margem de erro de dois pontos percentuais e foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o nº BR-04850/2022.

 

Instituto IPEC

Pesquisa divulgada nesta segunda-feira 17 de outubro pela TV Globo aponta Lula (PT) em primeiro com 50% e Bolsonaro (PL) em segundo 43%, Brancos e nulos 5% e apenas 2% disseram que ainda não sabem em quem votar.

Considerando apenas os votos válidos, conforme o critério de divulgação do TSE, Lula (PT) tem 54% e Bolsonaro (PL) 46%.

Segundo o IPEC, foram entrevistados 3.008 eleitores de 15 a 17 de outubro em todas as regiões do país. O levantamento tem margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos em um intervalo de confiança de 95%. Registrado no TSE com o número BR-02707/2022, custou R$ 356.901,84.

Debate na Band TV em 16/10

A expectativa em relação ao debate realizado pelo Grupo Bandeirantes, transmitido pela BAND TV e um pool de veículos de comunicação, mobilizou grande parte da população, produzindo um recorde de audiência nas redes sociais com um total de mais de dez milhões de visualizações (10.387.610).

Com certeza a repercussão será muito maior, porque o assunto está gerando matérias jornalísticas, material na propaganda eleitoral dos candidatos na TV, muitos comentários e análises de especialistas e com certeza ocupará as conversas da população até o próximo debate da Globo, no dia 28/10.

Precisamos esperar a publicação das próximas pesquisas, realizadas à partir desta segunda-feira (17), para avaliar o que realmente mudou na intenção de voto dos eleitores.

Segundo a análise dos cientistas políticos o desempenho dos dois candidatos foi equilibrado, com Lula se saindo melhor no primeiro bloco de perguntas e Bolsonaro melhor no segundo. Com este empate, a probabilidade é que poucas mudanças devem ocorrer no resultado das pesquisas, mantendo a disputa acirrada até o final da campanha.

Este resultado joga muito mais importância e interesse para o último debate, na sexta-feira antes da eleição. Um bom desempenho poderá garantir os votos que cada um precisa para garantir a vitória. Um escorregão, nesta hora, poderá custar a eleição.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

z