HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

19/04/2024



Sem Categoria

O lucro de uma comunicação efetiva nas organizações

 O lucro de uma comunicação efetiva nas organizações

Para ter um negócio, é fundamental compreender que uma empresa é um organismo vivo, composto por três elementos importantes: as pessoas que a compõem, os negócios que a impulsionam e a comunicação que os interliga. A palavra comunicação tem origem em “communis”, que significa “comum” ou “partilhado”. O sufixo “-atio” foi adicionado para formar o substantivo, resultando em “communicatio”, que evoluiu para a palavra “comunicação” em português e em outras línguas derivadas do latim.

 

A comunicação é o fio condutor de energia em uma organização e segundo o filósofo Bernardo Toro, ela se manifesta em três formas: micro, estabelecendo conexões diretas entre indivíduos; macro, direcionada a segmentos específicos de um público maior; e de massa, destinada a uma audiência não específica. Essa diversidade comunicativa é crucial, mas uma comunicação alinhada é ainda mais importante. É por meio dela que asseguramos que todos falem a mesma linguagem, compreendam objetivos e se dirijam coletivamente em direção aos mesmos objetivos. Podemos dizer ainda que a educação é uma forma de comunicação. No entanto, devemos distinguir entre a transmissão de informações e a comunicação educativa, sendo essa capaz de exercer uma influência construtiva e deliberada sobre outros. Nesse contexto, a comunicação se torna uma ferramenta de disseminação de conhecimento para moldar pensamentos, atitudes e comportamentos.

 

Quando falamos de uma comunicação efetiva, algumas organizações tem uma conduta exemplar. O Google é um deles, conhecido pela cultura de transparência e comunicação aberta. A empresa realiza reuniões semanais chamadas “TGIF” (Thank Goodness It’s Friday), onde os líderes compartilham informações importantes e respondem a perguntas dos funcionários. Essa prática promove alinhamento entre os colaboradores, cria um senso de propósito compartilhado e fomenta a inovação. Casos como este destacam como a comunicação pode impactar positivamente nas corporações em diferentes aspectos, desde a gestão interna até a resposta a crises e a construção de culturas organizacionais sólidas. Ao adotar práticas semelhantes, outras empresas podem colher benefícios semelhantes, fortalecendo relações, impulsionando a inovação e alcançando resultados duradouros.

 

Leia outras colunas da Hag Schultz aqui.

1 Comment

  • 🌟✨

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *