HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

08/02/2023



Sem Categoria

Confira como foi a primeira rodada das quartas do Paranaense

 Confira como foi a primeira rodada das quartas do Paranaense

O final de semana marcou a abertura do mata-mata no Campeonato Paranaense. No Sábado (12), o São Joseense inicou a rodada com vitória sobre o Operário e vai com vantagem para Ponta Grossa. No mesmo dia, o Maringá visitou o FC Cascavel, conquistou o resultado a seu favor e somente precisa fazer o dever de casa. Domingo (13) foi dia de Athletico e Coritiba entrarem em campo. O Furacão foi derrotado pelo Londrina e precisa reverter o placar na Arena da Baixada. O Coxa teve uma noite de gala do goleiro Alex Muralha e segurou a vantagem de 1 a 0 sobre o Cianorte. Veja os detalhes abaixo:

 

Coritiba tem a vantagem

O Coritiba foi até o noroeste do estado e venceu o Cianorte por 1 a 0, no domingo (13). Em jogo com domínio do Leão do Vale, tanto na posse de bola quanto nos arremates a gol, o Verdão soube ser oportunista e aos 20 minutos da primeira etapa abriu o placar com Léo Gamalho. Porém, o jogo foi difícil e com polêmicas da arbitragem. O Coxa reclamou de um pênalti não marcado aos 7 minutos, num lance em que o atacante alviverde Warley tentou um arremate que pega no braço do zagueiro do Leão. O árbitro nada marcou. O Cianorte não se mostrou abatido e aos 26 minutos o atacante Pelezinho empata a partida com um lindo gol de bicicleta, porém a arbitragem marcou impedimento, anulando o gol.

 

O segundo tempo continuou com pressão do time da casa, que tentava de tudo para marcar o gol, porém parava no goleiro Alex Muralha. O arqueiro coxa-branca, que foi do inferno ao céu novamente, nessa partida estava inspirado e realizou defesas importantes para segurar o Cianorte até o fim. As duas equipes retornam a campo no próximo sábado (19) no Couto Pereira, as 16h. O Coxa tem a vantagem do empate e o Cianorte precisa marcar dois gols para avançar para a próxima fase.

 

Furacão é engolido pelo Tubarão

Na estreia do novo comandante Adílson Batista, o Londrina bateu o Athletico pelo placar de 1 a 0 no Estádio do Café. Com gol de Eltinho, aos 11 minutos do primeiro tempo, o Tubarão conseguiu ser superior ao time de aspirantes do Furacão e controlou quase todas as ações da etapa inicial.

 

O time da casa quase ampliou o placar com Douglas Coutinho, um dos destaques da partida. A primeira oportunidade foi em uma cabeçada que acabou ficando na trave. Outro lance surgiu com um arremate a longa distância, que somente não entrou por causa da boa defesa do goleiro rubro negro Anderson.

 

O segundo tempo começou morno, com as duas equipes criando e saindo menos. O Athletico conseguiu voltar para o jogo e teve boas oportunidades para empatar a partida. Jader chegou a acertar a trave e o atacante Romulo, que teve poucas participações nas jogadas, conseguiu um chute de fora da área que exigiu uma excelente defesa do goleiro Matheus Albino.

 

O Furacão e o Tubarão voltam a se enfrentar no domingo (20), às 16h, na Arena da Baixada. O Athletico precisa reverter o placar com dois gols de diferença e o Londrina somente precisa de um empate para avançar para as semifinais.

 

O Fantasma tomou um susto

O São Joseense recebeu o Operário no Estádio do Pinhão, no sábado (12), e bateu os visitantes por 2 a 1. A equipe de São José dos Pinhais surpreendeu o time que teve a melhor campanha da primeira fase. Na partida, foi superior ao Fantasma e marcou dois gols logo no primeiro tempo, com Alisson Tadei e Bruno Oliveira. O jogo contou com poucos lances dos dois lados, porém a equipe da casa travou as ações do Operário e levou a vantagem no placar até o fim da partida. O Fantasma somente conseguiu descontar com gol quase no apagar das luzes, aos 43 minutos do segundo tempo, com Lucas Mendes.

 

O jogo de volta acontece no Estádio Germano Krüger, no sábado (19) as 18h30. O São Joseense precisa de um empate para continuar fazendo história e o Operário chega com pressão pela vitória, precisando de dois gols para avanças para as semis.

 

Maringá segura a Serpente

No sábado (13) o FC Cascavel recebeu o Maringá no Olímpico Regional e foi derrotado pelo visitante por 1 a 0. Em jogo equilibrado, as duas equipes tiveram chances reais de gol. Logo no primeiro minuto de jogo, quem chega primeiro é o Maringá com o atacante Saraiva, em cobrança perigosa de falta, exigindo elasticidade do goleiro aurinegro. A Serpente respondeu com chute de Vinícius Balotelli, que foi para fora, e Doka, parando no caminho do goleiro do Maringá.

 

A segunda etapa foi com o Maringá flertando mais com o gol. Foi aos 26 minutos que Mirandinha pegou a sobra dentro da área e finalizou forte, mandando para o fundo das redes do Cascavel. Com o resultado positivo, o Maringá vai para jogo da volta com a vantagem do empate, no domingo (20) às 18h30, no Willie Davids. O FC Cascavel tem a dura missão de fazer dois gols para garantir a vaga da próxima fase.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *