HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

07/02/2023



Economia

Consulta a dinheiro esquecido em bancos volta nesta segunda

Dados vão estar disponíveis em nova plataforma do Banco Central

 Consulta a dinheiro esquecido em bancos volta nesta segunda

O Banco Central (BC) volta a disponibilizar nesta segunda-feira, 14, a consulta de valores a receber junto às instituições financeiras. Os dados vão estar disponíveis em uma nova plataforma e será dividido em duas etapas de pagamento.
O dinheiro que os brasileiros têm para receber dizem respeito a contas-correntes ou poupanças encerradas com saldo, tarifas cobradas indevidamente pelos bancos, recursos não resgatados de consórcios, dentre várias outras possibilidades. As consultas ao Sistema Valores a Receber serão retomadas nesta segunda-feira, 14, exclusivamente no site valoresareceber.bcb.gov.br.
No momento da consulta você saberá se tem valor a receber e, caso positivo, receberá a data para conhecer esses valores e solicitar sua transferência, a partir de 7 de março. Não deixe de voltar ao site valoresareceber.bcb.gov.br na data informada. Se não comparecer nessa data, você terá que fazer uma nova consulta para receber uma nova data. Mas não se preocupe, mesmo se você não consultar ou solicitar os valores na data agendada, eles continuarão guardados à sua espera.
Não será possível consultar ou solicitar os valores no site principal do Banco Central nem dentro do sistema Registrato. Todas as consultas e solicitação serão feitas exclusivamente em valoresareceber.bcb.gov.br.
Será necessário um login Gov.br nível prata ou ouro para acessar o Sistema Valores a Receber. Não será possível acessar o sistema com seu login Registrato. Se você ainda não tem login Gov.br, faça seu cadastro gratuito no site ou pelo App Gov.br (Google Play e App Store).
Não caia em golpes. O único site para consulta e solicitação no sistema é o valoresareceber.bcb.gov.br. O BC não envia e ninguém está autorizado a entrar em contato com você em nome do Banco Central ou do Sistema Valores a Receber.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *