HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

08/02/2023



Paraná

Explosão mata dois trabalhadores em fábrica que Moro visitava

 Explosão mata dois trabalhadores em fábrica que Moro visitava

Um tanque explodiu e matou duas pessoas na Cooperativa Agroindustrial de Maringá (Cocamar), em Maringá, no Norte do Paraná, durante visita do ex-juiz Sergio Moro, na manhã desta sexta-feira (4).

 

No momento da explosão Moro discursava na sede administrativa da empresa, que fica na mesma planta onde aconteceu o acidente. Moro interrompeu a fala e prestou solidariedade às vítimas. O senador Alvaro Dias também estava na Cocamar no momento do incidente. A comitiva de Sergio Moro deixou a empresa momentos depois da explosão. A assessoria informou que ele está bem.

 

De acordo com os bombeiros, os trabalhadores, de 32 e 36 anos, estavam soldando um tanque de fluídos, quando a explosão aconteceu. Técnicos da segurança de trabalho da unidade da Cocamar disseram que os dois homens estavam montando o tanque. A suspeita é que gases de resíduos de biodiesel tenham provocado a explosão.

 

Os trabalhadores foram arremessados a mais de 20 metros do local após a explosão. Socorristas disseram que os homens estavam usando equipamentos de proteção.

 

Equipes de socorristas foram chamadas, incluindo um helicóptero do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

 

O complexo onde aconteceu o acidente é usado para produção de óleo e margarina.

 

A Cocamar lamentou o ocorrido e informou que os trabalhadores que morreram eram de uma empresa terceirizada. A cooperativa disse ainda que adota rigorosos processos de segurança e que está prestando assistência às famílias das vítimas.

 

Nota de Sergio Moro

“Em agenda no interior do Paraná, o pré-candidato à presidência da República, Sergio Moro visitava a sede administrativa da Cocamar (Cooperativa Agroindustrial de Maringá), na manhã desta sexta-feira (4/3), quando foi informado da explosão na parte fabril da Cooperativa. Infelizmente, o acidente vitimou dois funcionários da Cocamar. Sergio Moro lamentou o acidente, prestou solidariedade ao corpo funcional e suspendeu a agenda de visitação”.

 

Com informações do G1

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *