HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

08/02/2023



Sem Categoria

Em 5 minutos, Conselho de Ética adia decisão sobre cassação de Renato Freitas

 Em 5 minutos, Conselho de Ética adia decisão sobre cassação de Renato Freitas

Não durou nem cinco minutos a reunião do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Minicipal de Curitiba. A sessão ia analisar e votar o parecer do vereador Sidnei Toaldo (Patriota), relator do caso da Igreja do Rosário, envolvendo o vereador Renato Freitas (PT).

 

Logo que começou a sessão, a vereadora Maria Letícia (PV) pediu vistas do PED 1/2022. E foi remarcada uma nova reunião para terça-feira (10), dando o tempo para que a vereadora possa analisar o parecer. A medida posterga a decisão que pede a cassação de Renato Freitas. Somente depois de aprovado no Conselho de Ética, o relatório pode seguir ao plenário. A data para conclusão desse processo é dia 13 de maio.

 

O parlamentar é acusado de quebra de decoro por participar de uma manifestação contra o racismo na Igreja do Rosário dos Pretos, em fevereiro. O vereador teria ocupado a igreja, durante o momento de uma missa, com bandeiras e faixas de protesto.

 

Freitas responde por quatro representações formuladas pelos vereadores Eder Borges (PSD); Pier Petruzziello (PTB); Pastor Marciano Alves e Osias Moraes, ambos do Republicanos; e a dos advogados Lincoln Machado Domingues, Matheus Miranda Guérios e Rodrigo Jacob Cavagnari. Todas as representações acusam Renato Freitas de ocupar a Igreja do Rosário e impedir o exercício da fé.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *