HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

28/01/2023



Capital

Flexibilização do uso da máscara provoca debates em Curitiba

 Flexibilização do uso da máscara provoca debates em Curitiba

A flexibilização do uso de máscara está motivando um intenso debate em Curitiba. O governador Ratinho Junior declarou, nesta segunda-feira (7), que o Estado está próximo de retirar o uso obrigatório em espaços abertos. O governador se mostrou otimista para iniciar os debates sobre a flexibilização, porém ainda manteve cautela por estarmos em um período pós-carnaval. “Nós temos que esperar o resquício de carnaval, demora em torno de 10 a 15 dias, para entender como será essa onda. Espero que não seja forte, vimos que teve no final do ano um volume de pessoas infectadas muito grande, mas o volume de mortes comparado a outras cepas não foi grande. Estamos muito próximos disso acontecer, não só no Rio de Janeiro e no Paraná, mas no Brasil todo”, disse Ratinho Junior.

 

O assunto dominou boa parte da sessão desta terça-feira (8) na Câmara Municipal de Curitiba (CMC). O vereador Alexandre Leprevost (SD), protocolou uma sugestão à Prefeitura de Curitiba para que o uso da máscara não seja mais obrigatório em lugares com espaços abertos e também fechados. Segundo o vereador, o que possibilita essa abertura são os dados positivos na vacinação da população e os baixos números do Covid-19. “O avanço na vacinação, queda no número de casos e baixo número de pessoas internadas faz com que possamos iniciar a flexibilização em determinados lugares”, afirmou Leprevost .

 

No texto da proposição, o vereador indica as vias públicas, parques, praças, escolas, restaurantes, estádios e academias como locais passíveis de não usar máscara. Leprevost citou o exemplo de outras cidades, como Belo Horizonte e Rio de Janeiro, onde o uso de máscaras já está flexibilizado. O vereador, no entanto, indica que lugares com grande concentração de pessoas, como o transporte público e locais do sistema de saúde, ainda devem seguir com o uso do máscaras.

 

União da Vitória retira uso obrigatório

A Prefeitura de União da Vitória publicou,  nesta segunda-feira (7), um decreto que torna a utilização de máscaras facultativo em locais abertos. A cidade do sul do Paraná tem aproximadamente 58 mil habitantes, e cerca de 80% da população já tomou a primeira dose da vacina contra a Covida-19. No decreto, a Prefeitura também afirma que o número de casos ativos e internações pelo vírus vem caindo consideravelmente. Entretanto, o decreto ainda mantém a obrigatoriedade para pessoas que estiverem infectadas ou com suspeita do Coronavírus em período de transmissão.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *