HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

08/02/2023



Sem Categoria

Habitar emoções: os efeitos da pandemia na casa

 Habitar emoções: os efeitos da pandemia na casa

Melhorar a qualidade de vida dentro de casa foi que motivou as mudanças nas casas brasileiras desde o início da pandemia.

Revitalizar áreas de lazer foi o ponto alto, mais importante do que revitalizar até mesmo os espaços de home office.

Viver bem, priorizando o convívio familiar e o conforto comunicando a afetividade estão em alta.

Os longos períodos de convívio intenso dentro de casa provocaram uma série de adaptações para tornar o ambiente doméstico mais prático e agradável à rotina nas diferentes atividades que passaram a ser desempenhadas em um mesmo local e por vários membros da família ao mesmo tempo.

Preocupar-se com a decoração não é questão de luxo ou superficialidade, mas sim de bem-estar para quem vive e trabalha dentro de casa.

Antes da pandemia horários, trabalho e atividades diárias nos obrigavam a estar continuamente longe de casa. Com as restrições que a pandemia impôs, as pessoas perceberam que as nossas vidas/casas não estavam devidamente organizadas. Dessa forma, em alguns casos, um descaso com a decoração e organização doméstica foi mais sentida.

E sim, sempre que há desordem em casa, significa que a vida não está devidamente organizada, que não estamos devidamente equilibrados e não gastamos o tempo necessário para atingir o grau de bem-estar que merecemos. É a coerência entre o tanto que trabalho e o tempo que expendo, proporcionando aos meus (e a mim) o conforto, bem estar, satisfação, harmonia e alegria.

Enfim, desordem na casa virou significado de estresse entre os membros da família (durante o convívio continuo e intenso).

Nos tempos de hoje, podemos refletir sobre a possibilidade de combinar recursos de forma coerente e para promover o estado de bem-estar, tanto para meus familiares e para mim também.

É salutar que nossa casa esteja organizada, limpa e decorada da melhor maneira possível.

O segredo é encontrar um estilo de decoração/elementos decorativos que te deixe confortável com aquilo que funciona para o seu bolso e estilo de vida e personalidade

Então vamos ao que interessa: que a ordem vença o caos. Estar em casa e ver que tudo está do seu jeito, no lugar, requer um esforço diário valioso. (Não estou dizendo que devemos ser paranoicos com limpeza e organização).

Algumas dicas:

• Tenha uma casa limpa o suficiente e que possua espaço para que todos possam transitar sem tropeçar em nada, é um bom começo.

• A quantidade de informações também é um fator importante, já que o excesso de móveis e elementos decorativos dentro de um cômodo pode causar agitação.

• Livre-se do que você não gosta e tente decorar de uma forma que seja autêntica para você e que faça sentido para o ambiente. Decor condizente com sua personalidade.

• Tente fazer com que o mobiliário dialogue bem com as cores e tons de parede e forros (harmonia entre eles). Aplique, em sua maioria, tons claros, essenciais para que o ambiente se torne leve e agradável e nos faça relaxar. Aplicação de cores tem a ver com as emoções. Cores fortes (exceto em pequenas áreas) podem gerar hiperatividade.

• Quanto ao mobiliário, beleza importa? Sim. Como na vida, beleza também importa já que a visão representa quase 80% dos nossos sentidos. Use a inteligência emocional para comprar os móveis. Eles deverão ser funcionais, com dimensões apropriadas às funções e espaços que ocupam. Esqueça peças de mobiliário sem ergonomia ou que impeçam a circulação. Introduza no decor peças que tragam bossa ao ambiente. Por que não um balanço?

• E por último, mas não menos importante, pelo contrário, a iluminação. Ao contrário do que se pensava antigamente, que dias nublados deixariam uma pessoa pra baixo e dias claros a deixariam animadas, um estudo da Universidade de Toronto Scarborough revelou que tanto as emoções positivas e negativas são sentidas mais intensamente o quanto maior for a claridade onde a pessoa está. Os cientistas afirmam que apagar as luzes reduz a intensidade emocional, o que lhe permite manter os pensamentos tranquilos. O jogo de luzes pode mudar a atmosfera de um ambiente. Aplicada com estratégia e moderação, a iluminação bem pensada promove diferentes cenários, emoções e configurações diferentes dentro do mesmo espaço.

Percebe-se que bem estar, funcionalidade e a inteligência emocional seguirão norteando nossos projetos. Casa com opções de trabalho e lazer.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *