HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

19/04/2024

CIDADES

Sem Categoria

Londrina iniciou a vacinação contra a dengue neste sábado (24)

 Londrina iniciou a vacinação contra a dengue neste sábado (24)

Neste sábado (24), a Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), deuy início à vacinação contra a dengue. Foram cinco Unidades Básicas de Saúde (UBSs) abertas, das 9h às 17h, para vacinar crianças de 10 e 11 anos, idade preconizada pelo Ministério da Saúde como prioridade para receber o imunizante na primeira fase de vacinação. O Município recebeu 13.204 doses da vacina, que corresponde a toda a população londrinense nessa faixa etária, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

As Unidades Básicas de Saúde abertas no dia 24 estão localizadas em diferentes regiões da cidade. Foram elas a UBS do Jardim Alvorada, na região centro-oeste; a UBS Guanabara, na região centro-sul; a UBS Piza, na região sul; a UBS Armindo Guazzi, na região leste; e a UBS do Vivia Xavier, na região norte. A vacinação é por livre demanda, portanto, não é necessário realizar agendamento, e os pais e responsáveis que procurarem as unidades devem apresentar um documento pessoal da criança.

 

Na zona rural, as Unidades Básicas de Saúde dos distritos de Paiquerê e Lerroville, que estiveram abertas neste sábado (24) para realizar o acompanhamento de casos de dengue nos distritos, também disponibilizaram o imunizante contra a dengue para as crianças dessas regiões. Nestas unidades, o atendimento foi realizado das 7h às 13h. A partir dessa segunda-feira (26), todas as UBSs de Londrina terão a vacina disponível para a comunidade da faixa etária definida.

 

O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, relata a importância da chegada da vacina neste momento epidemiológico que o Município vive. “Conseguimos realinhar as ações com o Ministério da Saúde, que havia definido inicialmente que as vacinas chegariam somente em agosto. E agora, como a cidade já está recebendo as doses, vamos fazer esse mutirão, com unidades abertas em todas as regiões do município. Mas não basta apenas ter a vacina, ela também precisa chegar até o braço das crianças, e nós iremos realizar tudo que depender da estrutura da Prefeitura, do empenho dos nossos servidores e de ações de conscientização”, afirmou.

 

O imunizante Qdenga é produzido pela farmacêutica Takeda, e tem o protocolo de aplicação em duas doses, com intervalo de 90 dias entre a primeira e a segunda dose. É indicado que a pessoa que contraiu dengue aguarde seis meses para a aplicação da primeira dose da vacina, e, no caso de infecção pelo vírus da dengue entre a aplicação da primeira e da segunda dose da vacina, o intervalo passa de 90 para 120 dias entre as doses.

 

Leia outras notícias no HojePR.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *