HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

07/02/2023



Sem Categoria

Na bolsa de apostas, 6 opções para o comando do Athletico

 Na bolsa de apostas, 6 opções para o comando do Athletico

Com a demissão do técnico Alberto Valentim no último domingo (10), o Athletico inicia uma nova jornada para achar um substituto. O HojePR montou uma lista com nomes que estão disponíveis no mercado e podem entrar na mira do Furacão. Confira abaixo:

 

Cuca

O mais pedido pela torcida desde seu desligamento do Galo, ainda no ano passado. O treinador levou o clube mineiro aos títulos do Brasileirão e Copa do Brasil. O treinador curitibano tem forte identificação com o clube e seria uma ótima opção para o elenco de peso que o Athletico tem para essa temporada.

 

Os contra são que Cuca afirmou que não comandaria nenhum clube nesse ano de 2022. Em entrevista em 2021, também disse que não assumiria o comando técnico do Athletico, devido ao sentimento que tem junto ao clube.

 

Tiago Nunes

Um dos responsáveis por elevar o clube ao atual patamar. Tiago Nunes estava no Ceará e tinha um aproveitamento razoável de 44%, porém as eliminações precoces no Cearense e na Copa do Nordeste determinaram a demissão do técnico. No Athletico, Nunes foi multicampeão com o time, com destaque para os títulos da Copa do Brasil e Sulamericana. Com um estilo de jogo ofensivo já conhecido pelo Athletico, o treinador viria a calhar com o atual elenco.

 

Porém, dois empecilhos dificultam o retorno do treinador. Primeiro, a saída conturbada para o Corinthians em 2019, vista negativamente por alguns torcedores. Segundo, o entrave com o próprio Petraglia, Tiago Nunes acionou e venceu o clube na justiça sobre o débito em premiações e honorários.

 

Enderson Moreira

O técnico assumiu o Botafogo no ano passado, quando o clube ocupava a 14ª colocação na série B e terminou 2021 com título de campeão. Após uma fala que gerou atrito com o atual investidor do time, Moreira acabou sendo demitido mesmo tendo um excelente aproveitamento de 73%.

 

Enderson Moreira seria uma contratação que normalmente atenderia as características do Athletico, um investimento de baixo risco e que possa ter um alto rendimento.

 

Lisca

O treinador seria uma grande aposta. Recentemente teve uma passagem relâmpago no Vasco, onde emplacou números baixos. Entretanto,em 2020, Lisca levou o America-Mg ao acesso da Série A e encerrou em 2021 sua passagem pelo time mineiro com 82 jogos, 40 vitórias, 27 empates e 15 derrotas. São números que chamam a atenção para um projeto mais longo e que atendem a filosofia de trabalho do Athletico.

 

Renato Gaúcho

O técnico teve uma recente e conturbada passagem pelo Flamengo, em 2020, porém, com excelentes números. Gaúcho comandou o time em 38 jogos, com 25 vitórias, 8 empates e 5 derrotas, um aproveitamento de 72,8%. A permanência do treinador estava sendo questionada pela torcida e diretoria devido a algumas atitudes extracampo do treinador. A demissão veio após perder o título da Libertadores para o Palmeiras.

 

O que torna difícil uma possível chegada de Renato Gaúcho no time é o alto salário e também a personalidade complicada do próprio treinador.

 

Menção honrosa: Mauricio Barbieri

Barbieri faz um trabalho longínquo e eficiente no RB Bragantino. Desde setembro de 2020, o técnico acumula 52 vitórias, 33 empates e 31 derrotas. O técnico conseguiu levar o time na final da Sulamericana de 2021, avançou até semifinal do Paulistão desse ano e está disputando a fase de grupos da Libertadores.

 

É uma excelente opção para assumir o Athletico, porém, o Furacão precisaria fazer uma excelente proposta para tirar o treinador da boa fase do RB Bragantino.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *