HojePR

HOJEPR LOGO
Siga no WhatsApp
Pesquisar

24/07/2024

NEGÓCIOS

PBFW encerra edição com moda paranaense em destaque e debates sobre tendências

Por Jaine Vergopolem

 

O Pátio Batel Fashion Walk (PBFW) encerrou com chave de ouro seu último dia de desfiles, consolidando sua relevância na cena da moda nacional e internacional. O evento, que aconteceu nos dias 22 e 23 de agosto, trouxe uma atmosfera única de sinergia entre o público e a passarela, reunindo grandes nomes da moda brasileira e celebrando a moda paranaense.

 

O destaque principal deste último dia de desfiles foi a estreia do LABmoda no evento, que apresentou ao público a rica diversidade da moda do estado do Paraná. Vinte marcas autorais locais tiveram a oportunidade de brilhar na passarela, trazendo à tona a originalidade e o talento da região.

 

 

Uma das figuras centrais do evento foi a renomada modelo internacional Carol Ribeiro, que conquistou as passarelas com sua presença marcante e elegância única. Além disso, um momento de grande importância foi o bate-papo aberto ao público entre Glória Kalil e Paulo Borges, que aconteceu na passarela do PBFW. O tema da conversa, “A espiral da moda no século 21 – uma visão panorâmica”, provocou reflexões sobre as tendências e transformações do mundo da moda.

 

A espiral da moda no século 21 – uma visão panorâmica

Durante o bate-papo, Paulo Borges, um dos nomes mais influentes da moda brasileira, iniciou as discussões destacando a interligação entre moda e comportamento. “A diversidade da moda tem a ver com o impacto que recebemos. Às vezes, pensamos que esse modelo de moda existe há muito tempo, mas foi apenas em 1973 que a semana de moda começou em Paris”, comentou Borges. Ele também enfatizou a importância de compreender a complexa interação entre dificuldades e facilidades, indicando que estamos vivendo um momento em que a voz dos consumidores é mais poderosa do que nunca. Além disso, ele ressaltou a oportunidade única de moldar a indústria da moda de acordo com os desejos dos consumidores.

 

O Pátio Batel, palco do PBFW, foi mencionado como um projeto que fomenta a cultura, difusão e diversidade da moda. Borges apontou que o mercado evolui mais quando é desafiado e provocado, dando origem a novos protagonistas e centros de moda. No contexto do evento, destacou-se o desfile de marcas locais, o LABmoda, evidenciando a oportunidade de valorizar a produção local.

 

 

Por sua vez, Gloria Kalil, conhecida por suas análises sobre comportamento e estilo, acrescentou sua visão sobre a interseção entre moda e mercado. Ela enfatizou que a moda está em constante movimento e evolução, assim como o mercado e as escolhas das pessoas. Kalil comparou a moda a outras formas de arte aplicável, como cinema e arquitetura, destacando a importância de ter um público para absorver essa arte em constante transformação.

 

A democratização da moda, segundo Kalil, é um fator de complexidade, pois a abundância de escolhas pode ser tanto uma facilidade quanto uma dificuldade. Ela enfatizou a necessidade de escolhas informadas e ressaltou que, em algumas profissões, há uma formalidade que influencia as decisões.

 

10 anos do Pátio Batel

O evento marcou também a celebração dos 10 anos do Pátio Batel, que aproveitou a ocasião para realizar mais de 100 eventos exclusivos nas lojas do empreendimento, oferecendo uma imersão completa no mundo da moda para o público. Com transmissão ao vivo pelo YouTube e cobertura abrangente no Instagram, o Pátio Batel reafirmou sua posição como um importante centro de moda no Sul do país.

 

 

Com uma combinação de talento regional, reflexões profundas sobre a moda contemporânea e a celebração de uma década de moda no Pátio Batel, o PBFW encerrou sua 7ª edição com um impacto significativo e a promessa de continuar impulsionando a moda no cenário brasileiro.

 

 

Leia outras notícias no HojePR.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *