HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

19/04/2024

ECONOMIA

Economia

Porto de Paranaguá recebe maior navio da história do Paraná em capacidade

 Porto de Paranaguá recebe maior navio da história do Paraná em capacidade

O navio porta-contêineres MSC C. Montaine, que atracou no último sábado (30) no Porto de Paranaguá, é a maior embarcação em capacidade já recebida nos portos paranaenses. Com 366 metros de comprimento e 51 metros de largura, o navio supera as embarcações irmãs MSC Elisa XIII e MSC Natasha XIII, recebidas em janeiro e fevereiro deste ano. As duas medem 366 metros de comprimento e 48,20 metros de largura.

 

O MSC C. Montaine tem capacidade para transportar até 15.413 TEUs (medida utilizada para 20 pés de comprimento de contêiner). A capacidade de carga é 6,7% maior do que os navios MSC Elisa XIII e MSC Natasha XIII (14.432 TEUs). A desatracação está marcada para esta segunda-feira (1º) e o destino das cargas é o mercado asiático.

 

“O Porto de Paranaguá foi o primeiro porto brasileiro a receber a autorização oficial para operação de um navio deste porte e também o primeiro a operar de fato navios New Panamax. A qualidade da infraestrutura, aliada à segurança operacional, nos permite receber regularmente estas novas embarcações, demonstrando a capacidade e confiabilidade do nosso porto”, destacou o diretor de Operações da Portos do Paraná, Gabriel Vieira.

 

Para receber os meganavios, a Portos do Paraná investe em obras de derrocagem e serviços de dragagem para aumentar a profundidade do canal. Atualmente, no terminal de contêineres, o calado, que é a profundidade entre o ponto mais baixo do navio até a linha d’água, está com 12,3 metros nos canais principal e alternativo.

 

A movimentação de cargas pelos Portos do Paraná está em alta. No primeiro bimestre deste ano houve um crescimento de 19% na movimentação geral. Foram 10,4 milhões de toneladas este ano contra 8,7 milhões de toneladas no mesmo período de 2023.

 

Leia outras notícias no HojePR.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *