HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

13/04/2024

CIDADES

Sem Categoria

Quase 250 inspetores escolares iniciam atividades na rede municipal de ensino de Londrina

 Quase 250 inspetores escolares iniciam atividades na rede municipal de ensino de Londrina

A manhã desta quinta-feira (22) marcou um momento histórico para a rede municipal de ensino, quando os 242 inspetores escolares contratados pela Secretaria Municipal de Educação (SME) iniciaram as suas atividades em todas as escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI).

 

A partir de hoje, todas as unidades contam com profissionais que desempenharão tarefas essenciais para a realização das atividades escolares. Entre elas, estão a verificação constante das instalações das escolas e creches, para efetuar o controle do fluxo de pessoas que circulam pelo pátio, e o acompanhamento da entrega de mercadorias que atendem as unidades escolares. Os novos profissionais também são responsáveis por auxiliar os alunos com deficiências, solicitar os serviços de resgate ou acionar as forças de segurança, quando necessário.

 

De 15 a 21 de fevereiro, os inspetores participaram de um treinamento conduzido em parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (SME) e a Secretaria Municipal de Defesa Social (SMDS), por meio da Guarda Municipal (GM) e Defesa Civil. Entre os conteúdos abordados, estiveram o funcionamento das unidades da rede municipal, a inclusão de crianças com deficiências, os cuidados com os alunos da rede municipal, as brigadas de incêndio das unidades, procedimentos de primeiros socorros e os dispositivos de emergência disponibilizados pela GM.

 

Uma das unidades da rede municipal contempladas pela iniciativa é a Escola Municipal Maria Carmelita Vilela Magalhães (rua Maurício de Nassau, 329, Jardim Mazzei 1). A escola passou a contar com dois inspetores, Robson Silveira Machado e Maria Terezinha de Campos Oliveira.

 

Conforme a diretora da unidade, Vânia Mazer, o ingresso dos novos profissionais trará grandes benefícios para o ensino municipal de Londrina.

 

“Aqui, nós ganhamos dois profissionais muito prestativos que vão abrir e fechar a escola, estar no portão para acolher as crianças, atender as necessidades dos alunos e contribuir para melhorar o ensino que oferecemos. Isso aumenta muito a segurança da escola e traz mais tranquilidade para toda a comunidade”, afirmou.

 

O inspetor Robson Silveira Machado contou que decidiu participar do processo seletivo para exercer essa função devido aos incidentes de violência ocorridos em escolas de diferentes regiões do Brasil nos últimos anos. “Além de ser uma oportunidade de trabalho, é uma forma de ajudar a trazer mais segurança para as crianças”, destacou.

 

Anteriormente, Machado atuou em funções de apoio na rede escolar estadual, e também como supervisor de hospital e recepcionista. Ele descreveu como emocionante a acolhida proporcionada, hoje (22), pelos alunos, professores e funcionários da Escola Municipal Maria Carmelita Vilela Magalhães.

 

“Ontem, nós tínhamos recebido cartas e recados escritos pelas crianças, e isso nos deu uma noção de como seria a atmosfera na escola. Mas pessoalmente, foi muito mais emocionante. Fomos recepcionados com muito carinho e amor, e os alunos vieram nos abraçar. Imediatamente, nós nos sentimos parte da família”, frisou.

 

Processo de contratação

A contratação dos trabalhadores foi realizada através da empresa terceirizada Costa Oeste Serviços de Limpeza, que recebeu da Prefeitura um investimento de R$ 10.816.745,28 para essa iniciativa. Mais de 7 mil pessoas se inscreveram no processo seletivo, que contou com a colaboração da Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Renda (SMTER) para a sua viabilização. A SMTER disponibilizou sua plataforma on-line e atendimento presencial para a entrega dos currículos, durante a seleção.

 

Leia outras notícias no HojePR.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *