HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

08/02/2023



política

Requião Filho quer fim de contratos emergenciais da pandemia

 Requião Filho quer fim de contratos emergenciais da pandemia

O futuro petista Requião Filho está pedindo o fim dos contratos emergenciais autorizados por causa da pandemia da Covid-19. Desde o início da pandemia, em 2020, até fevereiro de 2022, o governo estadual já gastou próximo de R$ 2,1 bilhões em contratos emergenciais por causa da pandemia. São contratos nas áreas sociais, saúde, educação, entre outras pastas.

 

Com a aprovação do fim da obrigatoriedade do uso de máscaras no Paraná, Requião Filho chama atenção para que os contratos emergenciais do Governo, sem licitação, sejam igualmente suspensos no Estado, especialmente por se tratar de ano eleitoral.

 

“Libertem-nos das máscaras, mas não deixem que gastem nosso dinheiro no escuro”, escreveu em seu artigo semanal. “Se dispensamos a proteção das máscaras e negamos a continuidade da pandemia, para que manter o decreto que autoriza o Governo a gastar sem licitação?”, questionou.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *