HojePR

LOGO-HEADER-slogan-675-X-65

29/01/2023



Sem Categoria

Brasileirão: rodada ruim para os times da capital

 Brasileirão: rodada ruim para os times da capital

O final de semana não foi bom para os times paranaenses. O Athletico perdeu para o Galo e segue sem pontuar na tabela. O Coritiba foi derrotado pelo Santos em jogo acirrado e o Paraná empatou sem gols com o Oeste, na estreia da série D.

 

Na Baixada deu o outro Atlético

O Athletico enfrentou no último domingo (17) o Atlético-MG na Arena da Baixada e foi derrotado por 1 a 0. Com 35 minutos iniciais de pura pressão, o Furacão foi para cima do Galo e parecia questão de tempo para abrir o placar. A equipe comandada por Carille começou com as linhas de marcação avançadas, roubando e interceptando quase todos as jogados do Galo. Entretanto, faltou criatividade no último passe e também a pontaria. Sem levar um perigo real para a meta do adversário, o primeiro tempo agitado terminou sem gols.

 

Para o segundo tempo, o Athletico voltou completamente desligado e demorou para entrar no ritmo novamente. Em falha do lateral Abner, que ao tentar recuperar a posse de bola, cabeceou e entregou de bandeja para o adversário. Após uma troca de passe rápido dentro da área, Zaracho recebeu e encobriu o goleiro Bento. Após o gol, o Galo começou a dominar mais as ações do jogo e chegava com perigo nos contra-ataques. O Furacão até buscou uma reação, mas os problemas do primeiro tempo persistiram até o fim e o resultado ficou com o time mineiro.

 

O Furacão entra em campo já na próxima quarta-feira (20) para enfrentar o Tocantinópolis, pela Copa do Brasil, no estádio Ribeirão.

 

Coxa toma revés na Vila

Com falhas no sistema defensivo, o Coritiba teve uma derrota amarga por 2 a 1 para o Santos na Vila Belmiro na manhã de domingo (17). A partida começou com o Coxa no ataque, após cruzamento, Alef Manga cabeceou e exigiu boa defesa do goleiro João Paulo. O Santos não perdeu tempo e aos 11 minutos abriu o placar. Em jogada do atacante Ângelo, a zaga do Coxa bateu cabeça e deixou Léo Baptistão sozinho, que apenas teve o trabalho chutar para o gol vazio e colocar o Peixe na frente do placar. Querendo levar alguns pontos para Curitiba, o Coxa se lançou ao ataque e aos 26 minutos Andrey sofre pênalti. Léo Gamalho cobra a penalidade e deixa tudo igual.

 

O mar naquele dia estava para peixe e o primeiro tempo estava acirrado. Logo na sequência do empate, aos 31 minutos, o Santos marca o último gol e encerra o placar. Após cruzamento baixo na área, o zagueiro Henrique tenta interceptar e acaba mandando a bola para a própria meta. A segunda etapa foi morna, com poucas jogadas das duas equipes. O Coritiba até teve mais domínio na posse de bola e nas jogadas de ataque, porém o Santos acabou administrando melhor o jogo.

 

Coritiba e Santos se enfrentam novamente na próxima quarta-feira (20) no Couto Pereira, dessa vez pela Copa do Brasil.

 

Superação do Tricolor

O Paraná conseguiu garantir um empate de 0 a 0 com o Oeste no domingo (17) na Arena Barueri. Após a diretoria não escrever nove reforços da temporada, e inclusive o técnico, o Paraná foi a campo com um time alternativo. A partida foi equilibrada a todo momento. O primeiro tempo foi do Tricolor da Vila ditando o jogo mas pouco ameaçador. Na segunda etapa, Oeste começou a se soltar e chegava no ataque com um pouco mais de qualidade, contudo, o Praná soube aguentar a pressão adversária levou um ponto para casa.

No próximo domingo (24), o Paraná recebe na Vila Capanema o São Bernado pela 2° rodada da série D.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *