HojePR

HOJEPR LOGO
Siga no WhatsApp
Pesquisar

24/07/2024

Silvestri Filho diz que “luas pretas” trabalham contra sua candidatura

Federação

No ninho tucano há uma certeza: há um grupo dentro do Palácio Iguaçu, os “luas pretas”, que estão a todo tempo maquinando contra a candidatura ao Governo do Estado do ex-prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho. Até o próprio candidato percebe que o jogo anda bruto demais. “Há pressões de todas as partes, sobre os meus aliados, notas plantadas e pesquisas duvidosas. Tudo para tentar inviabilizar a minha candidatura”, afirma Silvestri à coluna.

 

Até o momento, Silvestri garante que nada o demoveu de retirar o seu nome do jogo e sair da disputa. “Sou o novo dessa campanha, tenho tido boa receptividade dos paranaenses e pesquisas internas mostram que a realidade não é essa que andam divulgando na mídia”, diz. Segundo ele, sua candidatura tem ganhado corpo e se fortalecido. Silvestri sabe que entre as candidaturas propostas, a única que tem capacidade de roubar votos do governador Ratinho Junior (PSD) é a dele.

 

Recentemente, o pesquisador Bruno Lopes, especialista em pesquisas eleitorais, divulgou em sua coluna no HojePR (ver link), a mesma percepção de Cesar Silvestri Filho. “Outro fator que precisamos acompanhar é o desempenho do ex-prefeito de Guarapuava Cesar Silvestri (PSDB) que, apesar de muito conhecido em sua região, pode ser uma novidade para a maioria dos eleitores do Estado. Como ele tem um eleitorado fiel e com o perfil mais próximo ao do atual governador, pode tirar votos importantes de Ratinho Jr. desequilibrando sua grande vantagem”, avalia Lopes.

 

Quem acompanha a política, percebe que a turma do mal deixou de lado os ataques contra a candidatura do ex-governador Roberto Requião (PT). A leitura feita pelo Palácio é que Requião está muito próximo de seu teto, não devendo ultrapassar 30% das intenções de votos. Ademais, com o crescimento da candidatura do presidente Jair Bolsonaro (PL) no Paraná, eles não acreditam que Lula terá força para alavancar Requião.

 

Outro fator que faz com que Ratinho não tema Requião é que parte de seu eleitorado vem de simpatizantes de Lula. São aqueles que são contrários a Bolsonaro, não são militantes e lembram dos bons momentos da economia. Esse público, segundo pesquisas internas, prefere Ratinho a Roberto Requião. Com isto, o que realmente ameaça a candidatura do governador é Silvestri.

 

Silvestri Filho percebe que tem mais a crescer com o horário eleitoral. E aposta também nos debates. Para ele, essa será uma campanha de muita luta, mas acredita que poderá mostrar o seu projeto para o Paraná. Na avaliação dele, vai incomodar muito os adversários, em especial a campanha de Ratinho Junior. É esperar para ver o que o destino reserva nessa eleição ao governo de Estado.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *